Caso de vida ou morte.

O que você diz pode salvar ou destruir uma vida; portanto, use bem as suas palavras e você será recompensado. (Provérbios 18:21 NTLH)

Eis aqui uma verdade impressionante de como nossas palavras tem poder! O que dizemos sobre nossas realidades, cônjuges, filhos, pais, situação financeira, emocional gera impacto real sobre os rumos da nossa vida.

Pensem no navio: grande como é, empurrado por ventos fortes, ele é guiado por um pequeno leme e vai aonde o piloto quer. É isto o que acontece com a língua: mesmo pequena, ela se gaba de grandes coisas. Vejam como uma grande floresta pode ser incendiada por uma pequena chama! (Tiago 3:4, 5 NTLH)

Controlar a língua ou o que falamos nem sempre é fácil mas precisamos aprender o mais rápido como alcançar isso pelo poder do Espírito Santo em nós. A raiz do que falamos é o que pensamos e a maneira correta de corrigir nossa linguagem e palavras é deixar o Senhor mudar nosso coração, nossa mente. 

Ninhada de cobras venenosas! Como é que vocês podem dizer coisas boas se são maus? Pois a boca fala do que o coração está cheio. (Mateus 12:34 NT)

Não podemos ser apenas uma reação ao que nos ocorre. Pensamentos ruins, sem reflexão, incoerentes com a palavra e a vontade de Deus gerarão palavras de morte destruição e servirão como uma invocação de males sobre nossas vidas. Pensamentos transformados, embebidos do Espirito Santo, da palavra de Deus, alinhados ao caráter de Cristo produzirão vida pra você e todos que te rodeiam.

Refrear o que se diz é importantíssimo e faz parte do processo mas, sem uma dedicação a uma transformação na maneira de lidar com suas realidades dentro de você, em sua mente, mais cedo ou mais tarde você explodirá em palavras destrutivas. Humilhe-se diante do Senhor, em oração apresente diante dele toda a porcaria que se passa aí dentro de sua cabeça, peça a Ele que transforme sua mente e que te dê poder pra andar e falar pela fé, pelo amor, pela esperança , pelo Espírito.

Paz de Cristo!

Alex, 15 de novembro de 2012

Advertisements

Ciência Moderna X Bíblia

Uma bela coletânea de fatos científicos comparando com citações bíblicas de até 3.500 anos!

Antes do desenvolvimento da ciência espacial, a Bíblia era considerada como um conjunto de mitos ou lendas. No entanto, hoje a ciência mostra que a Bíblia é uma compilação de fatos comprovados, e ela corrobora o que está escrito nas Escrituras Sagradas.

Muitas coisas em que acreditamos serem cientificamente exatas, não o são. Na realidade, a História mostra-nos que mesmo aquilo que a ciência define como uma verdade hoje, pode ser ridicularizado daqui a cem anos.

Então, do que podemos ter certeza? Existe algo que seja “absoluto” ou uma verdade absoluta? A Bíblia está repleta de fatos científicos e médicos que foram escritos milhares de anos antes de o homem descobri-los. “Mas a Bíblia foi escrita milhares de anos atrás. E nós estamos no século 21!?!”. Exatamente, a Bíblia foi escrita há milhares de anos por homens com um conhecimento muito mais limitado que o nosso. E como é que com os seus limitados conhecimentos, poderiam eles ter sabido de certas coisas?

A maioria das pessoas não está ciente de que a Bíblia foi escrita ao longo de um período de 1.600 anos, por mais de 40 autores, em três continentes e em três línguas diferentes. Eles mencionaram centenas de assuntos controversos, e, mesmo assim, estavam todos em perfeita concordância. Na verdade, quanto mais aprendemos, mais descobrimos que a Bíblia é CIENTIFICAMENTE EXATA!

CAMPO GRAVITACIONAL

Há cerca de 3.500 anos, o conceito do universo na Idade do Bronze estava distante da verdade. Naquela época, as pessoas não podiam sequer imaginar que a Terra estava suspensa no espaço. Surpreendentemente, o conhecimento da astronomia moderna foi registado no Livro de Jó, escrito na Idade do Bronze. Até 1687, quando Isaac Newton descobriu “a lei da gravitação universal” e provou que a Terra flutua no universo, as pessoas não acreditavam nas palavras da Bíblia … faz pairar a terra sobre o nada Jó 26.7. A Bíblia descreve a Terra como se fosse tirada uma fotografia de um satélite. Mas, ao passo que a ciência desenvolveu, ficou provado que os registros da Bíblia são verdadeiros. A ciência não descobriu que a Terra não era sustentada por nada até 1650. Note que a datação por radiocarbono prova que o Livro de Jó foi escrito há 3.500 anos, na Idade do Bronze.

REPRODUÇÃO DAS ESPÉCIES

A Bíblia diz que Deus criou tudo de acordo com a sua própria espécie (Gênesis 1). Bem, isso é também o que a ciência nos mostra. Não podemos encontrar fósseis que mostrem uma transição de espécie para espécie porque não há nenhum. A ciência mostra adaptações dentro das espécies (microevolução), mas não uma transição evolucionária, transição de uma espécie a outra (macroevolução). Nisso ela concorda com a Bíblia.

REPRODUÇÃO HUMANA

Muitas pessoas acham um absurdo que toda a raça humana possa ter vindo de apenas duas pessoas (Adão e Eva). No entanto, a ciência baseia-se no que podemos observar, testar. A reprodução humana é observável, testável. Um homem e uma mulher podem produzir uma terceira pessoa, e assim por diante, por um período de tempo, até que se chegue a uma população maior; a ciência corrobora com isso. Nenhum outro tipo de geração de população humana foi observado e testado pela ciência.

OS GERMES

As pessoas não entendiam a natureza biológica dos germes relativamente até os últimos séculos. Mesmo assim, nas leis da limpeza e de comida no Velho Testamento, tem-se um conhecimento da presença de germes. Mas, essas instruções de Deus foram dadas milhares de anos antes que o homem sequer entendesse como os germes eram transmitidos, ou mesmo o que eram.

MOVIMENTO DO SOL

A Bíblia também registou o movimento de translação do sol, há 3.000 anos.

O qual (o sol), como noivo sai dos seus aposentos, se regozija como herói, a percorrer o seu caminho Principia numa extremidade dos céus, e até á outra vai o seu percurso… Salmos 19.5

No entanto, foi apenas no século 20 que a humanidade descobriu que o sol gira em torno do centro da galáxia. “O sol gira a uma velocidade de 250 km/s” – Astrónomo Bertill Lindblad, devido ao desenvolvimento da ciência, ficou provado que a Bíblia é verdadeira.

NÚCLEO DA TERRA

Há 3.500 anos, a Bíblia descreveu corretamente o interior da Terra: Da terra procede o pão, mas em baixo é revolvida como por fogo. Jó 28.5
É um conhecimento básico das geociências que o núcleo da Terra onde habitamos é um ardente lago de fogo. Porém, até o século 19, as pessoas consideravam as Palavras de Deus (de que existia um lago de fogo no interior da Terra, como um absurdo), isso porque a estrutura interna da Terra só foi descoberta no séc. 20.

GeofÍsico Andrija Mohorovicic – descobriu o manto em 1905, por meio de ondas sísmicas.
Geofísico Beno Gutenberg – descobriu o núcleo externo da Terra em 1930.

Geofísica Inge Lehmann – descobriu o núcleo interno da Terra em 1936.

Assim, a ciência moderna prova que a Bíblia é verdadeira.

CICLO DA ÁGUA

Há 3 fases do ciclo da água: evaporação, condensação e precipitação. A energia solar evapora milhões de toneladas de água da superfície dos oceanos e rios. Quando este vapor se condensa e forma nuvens, e quando estas nuvens de vapor colidem entre si e se convertem em gotas de água, então, chove. O ciclo da água não era conhecido até aos séculos 16 e 17. Pierra Perrault e Edmundo Mariotte descobriram o ciclo da água através de experiências. Há cerca de 3.500 anos, ninguém conhecia o ciclo da água. Mesmo assim, a Bíblia (escrita na mesma época) registou este mesmo ciclo. Porque atrai para si as gotas de água que de seu vapor destilam em chuva, a qual as nuvens derramam e gotejam sobre o homem abundantemente. Jó 36.27 

Ou seja, os registos da Bíblia são verdadeiros.

O UNIVERSO

Por volta do ano 610 a.C., o escritor Jeremias, inspirado, escreveu: Assim como não se pode contar o exército dos céus, nem medir-se a areia do mar, assim multiplicarei a descendência de Davi, meu servo, e os levitas, que ministram diante de Mim. Jeremias 33.22

Assim, no 7º século a.C., a inspiração ensinava que as estrelas são inumeráveis. É impossível contá-las, assim como é impossível contar a areia das praias. Você já experimentou conferir o total de grãos da areia do mar? Ou somente o valor de apenas um punhado? Impossível, não é? Mas, no tempo de Jeremias, os astrônomos da Grécia ensinavam que não havia mais de 1.002 estrelas no Universo. Quando Galileu esboçou o seu primeiro telescópio em 1609, ele pôde contar 100.000 estrelas. Poucos anos mais tarde, ele fabricou um novo telescópio de duas e meia polegadas e eis que contou 300.000. Hoje, o grande telescópio de 200 polegadas do Monte Palomar, na Califórnia, mostra inúmeras estrelas que nem sequer se pode contar. Do 7º século a.C. até ao presente, as afirmações das Santas Escrituras têm-se provado cada vez mais exatas – as estrelas não podem ser contadas.
Os astrônomos descobriram cerca de 200.000.000 de outras galáxias semelhantes à nossa. Uma delas é cerca de cinquenta vezes maior que a nossa. Há estrelas fotografadas que estão a 9.000.000 de anos-luz de distância! Isso nos dá uma pálida ideia do tamanho infinito do nosso Universo.

A OCEANOGRAFIA

Mathew Maury (1806–1873) é considerado o pai da oceanografia, também chamada de oceanologia. Ele percebeu a expressão “veredas dos mares” em Salmos 8.8 (escrito 2.800 anos antes) e disse, “Se Deus disse que há veredas no mar, eu vou encontrá-las”. Maury então acreditou literalmente no que Deus disse e foi procurar essas veredas, e nós devemos muito à sua descoberta das correntes continentais quente e fria. O seu livro sobre oceanografia permanece um texto básico sobre o assunto e ainda é usado em universidades.
AS ONDAS DE RÁDIO

Deus fez a Jó uma pergunta muito estranha em 1.500 a.C. Ele perguntou: Ou mandarás aos raios para que saiam e te digam: Eis-nos aqui? Jó 38.35. Isso parece ser uma afirmação cientificamente ridícula – que a luz possa ser enviada, e depois se manifestar em fala. Mas você sabia que toda a radiação eletromagnética, de ondas de rádio ao raio-X, viaja à velocidade da luz? É por isso que é possível fazer uma comunicação instantânea sem fio com alguém do outro lado do mundo. O fato de que a luz podia ser enviada e depois manifestar-se em fala não foi descoberto pela ciência até 1846 (3.300 anos depois), quando “o cientista britânico James Clerk Maxwell sugeriu que a eletricidade e as ondas leves eram duas formas da mesma coisa” (Modern Century Illustrated Encyclopedia).

A ENTROPIA

Três lugares diferentes na Bíblia (Isaías 51.6; Salmos 102.25-26; e Hebreus 1.11) indicam que a Terra está a deteriorar-se. Isso é o que a Segunda Lei da Termodinâmica (a lei da entropia crescente) afirma: que em todos os processos físicos, todo o sistema ordenado ao longo do tempo tende a tornar-se mais desordenado. Tudo está a desgastar-se e a deteriorar-se à medida que a energia está se tornando cada vez mais escassa. Isso significa que o Universo irá deteriorar-se a ponto que (em tese) haverá uma “morte da energia térmica” e, portanto, não haverá mais energia disponível para uso. Isso só foi descoberto pela ciência recentemente, mas a Bíblia afirma isso de forma concisa.

A PRIMEIRA LEI DA TERMODINÂMICA

As Escrituras dizem, Assim os céus, a terra e todo o seu exército foram acabados. Gênesis 2.1. O original em hebraico usa o particípio para indicar que uma ação completada no passado nunca mais iria acontecer. A criação foi “acabada” de uma vez por todas. Isso é exatamente o que a primeira lei da termodinâmica diz. Essa lei (chamada geralmente de lei da conservação da energia ou massa) afirma que nem a massa nem a energia podem ser criadas ou destruídas.

Foi por causa dessa lei que a teoria do “Estado-imutável” ou “Criação contínua” foi desconsiderada. Hoyle dizia que em alguns pontos do Universo chamados “irtrons”, a matéria ou a energia estava a ser criada constantemente. Mas, a primeira lei da termodinâmica afirma exatamente o contrário. Realmente não há “criação” a ocorrer hoje em dia. Tudo está “acabado”, exatamente como a Bíblia diz.

AS DIMENSÕES DE UM NAVIO

Em Gênesis 6, Deus revelou a Noé as dimensões da arca de 42 milhões de litros cúbicos que ele deveria construir. Em 1609, em Hoor, na Holanda, um navio foi construído de acordo com essas medidas (30-5-3), revolucionando a construção de navios. Por volta do ano 1900, todos os grandes navios nos oceanos tinham, aproximadamente, as mesmas proporções da arca (confirmado pelo “Registo de Navio de Lloyd” no Almanaque Mundial).

AS LEIS METEOROLÓGICAS 

A Bíblia descreveu um “ciclo” de correntes de ar dois mil anos antes de os cientistas descobrirem: O vento vai para o sul, e faz o seu giro para o norte; continuamente vai girando o vento, e volta fazendo os seus circuitos. Eclesiastes 1.6. Nós sabemos agora que o ar ao redor da Terra gira em gigantescos círculos, no sentido horário num hemisfério e no sentido anti-horário no outro hemisfério.

A CIÊNCIA

“Na antiguidade e no que foi chamado de Idade das Trevas, o homem não sabia o que ele sabe hoje sobre a Humanidade e o cosmos. Eles não conheciam a fechadura, mas eles possuíam a chave, que é Deus. Agora, muitos têm excelentes descrições da fechadura, mas perderam a chave. A solução ideal é a união entre a ciência e a Palavra de Deus. Nós devemos ser proprietários da fechadura e da chave. A verdade é que à medida que a ciência avança, ela descobre o que foi dito há milhares de anos na Bíblia” Richard Wurmbrand, Provas da Existência de Deus.

A PRIMEIRA LEI DA TERMODINÂMICA

As Escrituras dizem, Assim os céus, a terra e todo o seu exército foram acabados. Gênesis 2.1. O original em hebraico usa o particípio para indicar que uma ação completada no passado nunca mais iria acontecer. A criação foi “acabada” de uma vez por todas. Isso é exatamente o que a primeira lei da termodinâmica diz. Essa lei (chamada geralmente de lei da conservação da energia ou massa) afirma que nem a massa nem a energia podem ser criadas ou destruídas.

Foi por causa dessa lei que a teoria do “Estado-imutável” ou “Criação contínua” foi desconsiderada. Hoyle dizia que em alguns pontos do Universo chamados “irtrons”, a matéria ou a energia estava a ser criada constantemente. Mas, a primeira lei da termodinâmica afirma exatamente o contrário. Realmente não há “criação” a ocorrer hoje em dia. Tudo está “acabado”, exatamente como a Bíblia diz.

 não conheciam a fechadura, mas eles possuíam a chave, que é Deus. Agora, muitos têm excelentes descrições da fechadura, mas perderam a chave. A solução ideal é a união entre a ciência e a Palavra de Deus. Nós devemos ser proprietários da fechadura e da chave. A verdade é que à medida que a ciência avança, ela descobre o que foi dito há milhares de anos na Bíblia” Richard Wurmbrand, Provas da Existência de Deus.
A ORIGEM DO SER HUMANO

E formou o SENHOR Deus o homem do PÓ DA TERRA, e soprou em suas narinas o fôlego da vida; e o homem foi feito alma vivente” Gênesis 2.7. Para quem não leva a sério o livro de Gênesis, em novembro de 1982, as Seleções do Reader’s Digest incluiu um artigo com o título “Como a Vida na Terra Começou”. Este artigo declarou que, de acordo com cientistas no Centro de Pesquisa da NASA em Ames, os ingredientes necessários para formar um ser humano podem ser encontrados NO BARRO. O artigo disse ainda que “o cenário descrito pela Bíblia quanto à criação da vida vem a ser NÃO MUITO DISTANTE DO ALVO”. (Seleções do Reader’s Digest, novembro de 1982, p. 116).
LIMPAR INFEÇÕES

Quando, pois, o que tem o fluxo, estiver limpo do seu fluxo, contar-se-ão sete dias para a sua purificação, e lavará as suas roupas, e banhará a sua carne em ÁGUAS CORRENTES; e será limpo. Levítico 15.13.

Deus disse para lavar a carne infetada em ÁGUA CORRENTE. A ciência não descobriu este fato até surgirem dois homens chamados Pasteur e Koch, nos finais de 1800. Todos os médicos de um hospital lavavam as mãos na mesma bacia de água, dia após dia, e disseminavam os germes com a velocidade, facilidade e mortandade com que o fogo se espalha num matagal seco. Não foi até à invenção do microscópio e o surgimento da ciência da bacteriologia que os médicos começaram a lavar as mãos sob ÁGUA CORRENTE. Levítico foi escrito em torno de 1490 a.C. A CIÊNCIA FICOU CERCA DE 3000 ANOS ATRASADA!

ENTOMOLOGIA

Vai ter com a formiga… na sega ajunta o seu mantimento… Provérbios 6.6-8. Comentando sobre o Provérbios 6 diz, um dos enigmas entomológicos do último século diz exatamente respeito a esta observação feita por Salomão. Não havia nenhuma evidência de que as formigas, realmente, faziam colheitas de grãos. Em 1871, entretanto, um naturalista britânico mostrou que Salomão, afinal de contas, tinha estado certo… Como é que Salomão soube aquilo no ano 1000 a.C.? Como é que Salomão, claramente, detalhou um FATO científico que era IMPOSSÍVEL que ele soubesse no ano 1000 a.C.?

SEROTONINA

O coração alegre é como o BOM REMÉDIO…Provérbios 17.22

Um artigo no The Birmingham News, intitulado “Rir: Receita para Saúde”, disse que as mais RECENTES evidências médicas revelam que “A algum ponto durante o riso, o seu corpo recebe UM MEDICAMENTO PRESCRITO, feito na farmácia, que está no seu cérebro”. Como é que o escritor de Provérbios soube daquilo – 3000 ANOS ANTES DA CIÊNCIA MÉDICA?

A VIDA NO SANGUE

Porque a vida da carne está no sangue…Levítico 17.11

Esta é a mais certeira declaração científica, jamais feita, a respeito do sangue! É o sangue que dá continuidade a todos os processos da vida, no corpo. É o sangue que causa o crescimento, constrói novas células, faz crescer o osso e a carne, armazena gordura, faz crescer o cabelo e as unhas. É o sangue que alimenta e sustenta todos os órgãos do corpo. Se o suprimento de sangue for cortado de um braço, este imediatamente começará a morrer e apodrecer. É o sangue que repara o corpo. Que cicatriza as feridas, que faz crescer nova carne, nova pele e novos nervos. É o sangue que combate as doenças. Quando uma vacina contra uma doença lhe é dada, aplica-se uma injeção na sua corrente sanguínea. Por milhares de anos, os médicos tratavam as pessoas com uma prática chamada de “sangria”. Pensavam que doenças poderiam ser curadas através da extração de sangue. Em 1799, menos de 200 anos atrás, George Washington foi, literalmente, sangrado até à morte. Os médicos sangraram o pobre George quatro vezes, da última vez tiraram mais de um litro do seu sangue! Eles não sabiam, mas estavam, literalmente, a retirar a vida de George quando extraíam o seu sangue. Não foi senão no início dos anos 1900 que um homem chamado Dr. Lister descobriu que o sangue provê o sistema imunológico aos corpos – A VIDA DA CARNE ESTÁ NO SANGUE!

The Birmingham Post Herald, de 26 de fevereiro de 1988, contou a história de Mike Thomas. Ele estava trabalhando num canteiro da construção civil, quando caiu de uma altura de 21 metros. Enquanto caía, um cabo de aço enrolou-se ao redor do seu braço e cortou-lhe fora a mão, poucos centímetros acima do pulso. Um colega de trabalho carregou para o hospital a mão que tinha sido separada do corpo. Por causa dos sérios ferimentos internos de Thomas, os médicos não puderam reimplantar a sua mão de imediato. Ao invés disso, ligaram a sua mão a vasos sanguíneos da parede do seu abdómen, para que pudessem “conservá-la viva”.

Dois meses depois, os médicos removeram a mão do abdómen e recolocaram-na no braço de Thomas. Exatamente, o que a Bíblia disse em 1490 a.C.! Aquela mão continuou viva pois foi alimentada com sangue, ou seja, – A VIDA DA CARNE ESTÁ NO SANGUE!

Destruirei a sabedoria dos sábios, e aniquilarei a inteligência dos instruídos… Onde está o sábio?… Porventura, não tornou Deus louca a sabedoria deste mundo? (…) Pelo contrário, Deus escolheu as coisas loucas do mundo para envergonhar os sábios e escolheu as coisas fracas do mundo para envergonhar as fortes; e Deus escolheu as coisas humildes do mundo, e as desprezadas, e aquelas que não são, para reduzir a nada as que são; a fim de que ninguém se vanglorie na Presença de Deus. 1 Coríntios 1.19,27-29

FRASES DOS CIENTISTAS

Através da ciência, grandes pesquisadores ficaram absolutamente convencidos de que Deus existe, como Leonardo da Vinci, Johannes Kepler, Louis Pasteur, Henri Fabre, Irmãos Wright, comprovam que a Bíblia é verdadeira.

“Deus, que é bom, criou o universo ordenadamente para nós”.Astrónomo Nicolau Copérnico

“O sistema mais lindo do sol, planetas e cometas, só pode proceder da sabedoria e poder de um Ser inteligente e poderoso. E na explicação do seu poder Ele é chamado de Deus.” Físico Isaac Newton

“Os descobrimentos cientistas revelam um universo que concorda com as opiniões religiosas”. Nobel de Física, Charles Townes

“O Todo-Poderoso tem demonstrado suficientemente a Sua Grandeza tanto nas Escrituras como na ciência. O problema não está na deficiência de parte de Deus, mas na nossa obscuridade.” Professor Richard A. Swenson, Universidade de Wisconsin

Fonte: blogs.universal.com